Saiu um artigo na revista TV Guide sobre o 100º episódio de Supernatural, e há colocações interessantes, sobre atitudes de Cas, sobre responsabilidades dos meninos e sobre o retorno de um personagem (ok, eu detesto dizer isso, mas>> eu avisei que era ele!! huahua)..

Quem quiser ler o original em inglês, CLICA AQUI

A tradução é minha, qualquer erro é meu. E pra ressaltar o que o Grevi sempre diz: A Sera é um pé no saco pra traduzir!! Ela usa umas expressões muito “americanas” e que muitas vezes é preciso “adaptar” pro nosso contexto. Eu tentei fazer o melhor! rsrsr

Os garotos Winchester batalham para parar o Apocalipse no 100º episódio de Supernatural , por Ileane Rudolph.

A vida é boa para Supernatural. O seriado de horror da CW sobre os Winchesters, os irmãos caçadores de demônios, está levando ao ar 100º episódio (apropriadamente intitulado “Point of No Return” ) em 15 de abril e, desafiando expectativas, retornará para uma sexta temporada no próximo outono. Mas no universo sombrio e assustador de Supernatural, a vida humana poderá em breve ser extinta se os heróis da série, Sam e Dean, tomar a decisão errada.

“Queríamos que o 100º episódio fosse importante, fosse um daqueles que mantém você grudado na cadeira “, diz a produtora executiva Sera Gamble. “Nós avançamos a mitologia de uma forma substancial, com muitas surpresas e reviravoltas relacionadas com o Apocalipse”. Em um seriado repleto de imagens religiosas, anjos ferozes e demônios temíveis, este é o Apocalipse de profecia bíblica – a era do infortúnio que termina com o Armagedon – a batalha que acaba o mundo.

Os irmãos Winchester inadvertidamente colocaram o Apocalypse em movimento e, para piorar as coisas, eles parecem que estão predestinados a serem os receptáculos humanos para os mais importantes irmãos disfuncionais – o arcanjo Miguel e seu irmão mais novo, o anjo caído Lúcifer no decisivo confronto fatricida deles. “O Apocalipse pode sentir-se épico para os soldados no solo”, diz Gamble, “mas para Miguel e Lúcifer, este é um problema familiar que eles devem resolver e eles não vêem outra maneira de fazê-lo. Com Supernatural, isso parece sempre acontecer aos irmãos “.

Embora Sam (o ex-viciado em sangue de demônio) estivesse confuso no passado, quando “Point of No Return” começa, é seu estóico irmão mais velho Dean, que está quebrando sob o peso da morte e destruição ao redor dele e o ônus de fazer todo esse caos parar. “É definitivamente colocar uma pressão enorme sobre o relacionamento dos irmãos “, diz Ackles. Seus amigos, diz Gamble, estão preocupados com seu estado de espírito. “Nós estamos levando-o tão perdido/deprimido quanto ele pode ir.”

Um pequeno raio de esperança: Sam e Dean devem consentir antes que Lúcifer e Miguel possam tomar o controle de seus corpos. Até este ponto, eles resistiram à bajulação e tortura, mas pode um desgastado-batalhador Dean resistir às suas próprias dúvidas? “O elemento decisivo deste episódio culminante é que Dean deve decidir se concede ou se continua lutando”, diz Misha, o anjo Castiel um aliado dos Winchester. “O que é interessante é que isto não é um corte e uma situação seca. É uma complexa análise custo-benefício. E, francamente, Dean tem razões muito convincentes para dizer sim.”

Enquanto Dean se aflige sobre sua escolha, o executante das ordens angelicais de Miguel, Zacarias, vem buscando desesperadamente por uma rota alternativa para provocar o Apocalipse. E Cas, que está ajudando Dean, Sam e seu colega caçador Bobby a planejar o próximo movimento deles, percebe que um jogo de poder está se formando entre os anjos. Ele descobre que Adam, meio-irmão de Sam e Dean , que foi morto na a metade 4 ª temporada por um “ghoul”, foi trazido de volta à vida. Mas por quê?

O que quer que esteja acontecendo, “Dean não quer que ninguém assuma o peso de seus problemas”, diz Ackles. “Isso é porquê ele é um personagem problemático” E porquê Cas – em seu próprio inferno emocional e físico depois de ser exilado do céu – toma medidas drásticas.

“Castiel faz um enorme sacrifício para dar a Dean a chance de dizer ‘não’”, diz Collins.
“Os irmãos estão aparentemente descendo para um caminho sem saída”, diz Ackels. Eles devem, ou tomar uma posição e dizer não, ou descobrir uma maneira de dizer sim e fazer o trabalho. Mas eles podem ser os receptáculos que são responsáveis pela cremação da comunidade humana? Isso vai contra tudo o que eles tem lutado.

Ei, este é o escuro e sinuoso Supernatural. Nós não ousaríamos adivinhar!

Agradecimentos a Andrezza, da comunidade Supernatural Brasil VIP no orkut por ter nos trazido a notícia