Esta entrevista não foi traduzida ao pé da letra, e sim à ideia geral de cada parágrafo. Aqui está:

JARED PADALECKI DE SUPERNATURAL DIZ QUE SAM VAI ATINGIR UM NOVO PATAMAR (PARA BAIXO)

Aqui está sendo discutido o episódio 14 desta temporada, o fato de Sam ter que enfrentar o seu medo por palhaços. Jared fala sobre o relacionamento de Sam e Dean nas sete temporadas, sobre “matar” personagens importantes como Castiel e Bobby e seu favorito vilão até agora.

Aqui Jared fala sobre como Sam vai ficar mais maluco que antes, de como o personagem está tentando lidar com o que acontece na sua mente e a realidade que o cerca. Sam vai ir para o fundo do poço. Mas comenta que como a série é chamada de Supernatural e que nenhum personagem nunca fica realmente “morto”, pode haver esperança de Castiel e Bobby ainda voltarem.

Jared comenta sobre a volta de dois personagens em próximos episódios, o primeiro é Mark Pellegrino como Lucifer, segundo suas palavras ele adora trabalhar com Mark. E também teremos Misha Collins de volta.

Aqui ele comenta sobre como é difícil fazer com que tudo ainda esteja “fresco/estimulante” dentro da série, e o quanto isso é difícil, e como também foi bem difícil ver dois personagens tão queridos, quanto dois bons amigos partirem nesta primeira parte da temporada. Mas que acredita que apesar de isso ser duro para Sam e Dean (assim como para Jared e Jensen) foi bom para o show.

Jared diz aqui que como amigo de Misha e Jim, ele adora trabalhar com eles. Mas como ator dentro de um show, ele entende que a morte deles foi necessária para a história a ser contada nesta temporada. Pois eles (os escritores) mataram os dois caras que eram a retaguarda de Sam e Dean, tiraram o ponto de apoio, e por causa disso os meninos tem um novo desafio, viver, ou melhor, sobreviver sem eles, ou seja, voltamos como (ou mais ou menos) como era na primeira temporada, somente os dois irmãos.

Neste ponto ele comenta que acha que os escritores estão fazendo um trabalho muito bom mantendo o show estimulante após 7 temporadas. Porque os irmãos já passaram por tantas coisas, tantos altos e baixos, brigas e reconciliações, até mesmo o Apocalípse. E agora não é apenas a caça a um demônio, a dinâmica do show mudou. E apesar de Sam e Dean terem o destino do mundo sobre os ombros deles, eles estão mais unidos do que nunca.

Após 7 temporadas os Winchesters já enfrentaram vários vilões, e qual seria o favorito de Jared, ele diz que sinceramente foi a Ruby, e ainda brinca que apesar do óbvio (ter casado com ela?!), ele gostou do fato de não saber até o quase o final da temporada se ela iria ir para o lado bom ou mau (eu acho isso difícil de acreditar, mas tudo bem!). Ele diz que passou boa parte daquela temporada num relacionamento de amor e ódio (com o personagem de Ruby), e sempre ficava bem curioso para ler o script do próximo episódio para saber o que ela iria aprontar.

Um dos episódios mais marcantes da 6ª temporada foi “The French Mistake” no qual ele e Jensen tiveram que interpretar (por assim dizer) eles mesmos. E uma das cenas mais interessantes foi quando Sam/Jared teve que “interpretar” não sabendo como fazer isso. Ele disse que ficou aterrorizado com esta cena pois não queria que ficasse exagerada (caricata), e que não sabia como fazer, mas disse que soube que estava boa quando Misha pediu para sair do set de filmagens enquanto eles faziam a cena, porque não conseguia parar de rir e iria atrapalhar a “atuação” deles. Então nós a repetimos várias vezes. Foi muito divertido.


Credito à IGN TV, clique aqui para ler o original.