O BLOG SUPERNATURAL IS LIFE ULTRAPASSOU 10.000.000 (10 MILHÕES) DE VISITAS!!!


UHUUUUUUUUU!!!

Estamos aqui para comemorar com vocês!! Sim comemorar e agradecer.. Porque sem vocês nada disso teria acontecido!! Nada..

Nunca pensamos que chegaríamos a isso.. Nem nos nossos mais loucos sonhos, pensamos isso.. Mas chegamos!! E estamos aqui graças a vocês!! 

Nós sempre procuramos fazer um lugar em que Supernatural tivesse o destaque merecido, o respeito merecido.. E eu penso que estamos trilhando o caminho certo!

Portanto nada do que eu disser aqui, vai transmitir o que nós do blog, queremos e desejamos dizer a vocês..  Eu penso que um simples MUITO OBRIGADA, EM NOME DE TODOS, ajuda um pouco né?


Nós da administração do blog (Cris, Nathan, Polly, Vicki, Gabi Calhau, Guillheme, Clarice) estamos muito felizes e agradecidos por tê-los conosco ao longo do caminho..


Agradecemos de coração a confiança depositada em nós ao longo do caminho. E como sempre estamos de portas abertas a receber quem quer que seja. Estamos aqui para ajudar no que precisarem e para oferecer a vocês uma fonte confiável sobre o nosso seriado favorito.


E pra comemorar e mostrar a vocês um pouco da história do blog, eu vou postar uma entrevista que nós concedemos a uma revista de uma faculdade no Rio de Janeiro. Fomos procurados por alunos da Universidade (em nome de Analine Molinário), e respondemos a perguntas feitas por eles. Vou postar aqui as perguntas e respostas que a gente enviou e depois um link para quem se interessar em baixar a revista.

LINK PRA BAIXAR A REVISTA.



E aqui as perguntas e respostas.. Quando fizemos a entrevista o Gui ainda não estava no time! Mas ele está agora, e posso dizer que foi uma excelente “aquisição”! *_*


 ‘Supernatural is life’

1)    Como surgiu a ideia de criar um blog sobre uma série de TV americana?
Na verdade foi engraçado e inusitado. A idéia surgiu do Cris e da Jaque depois que o colunista Fábio Barreto publicou no site dele que Jared queria deixar a série e o chamou de “frutinha”. Gerou um burburinho sobre ser boato e tudo mais, então o Cris e a Jaque resolveram criar um espaço onde se publicasse coisas mais, digamos, “oficiais”, com fonte e tudo. E daí nasceu o Supernatural Is Life.

2)    Há quanto tempo o blog está no ar?
Há 4 anos.

3)    O blog é uma referência em assuntos de Supernatural. Quando se faz uma busca no Google, o site de vocês é um dos primeiros a aparecer. Como fazer um blog ficar tão famoso?
Bem, nossa primeira meta sempre foi ser um local confiável. Nós procuramos sempre buscar fontes confiáveis de notícias, e o mais rápido possível. Acho que a chave é essa, credibilidade em primeira mão, e rapidez nas notícias.

4)    Muitos blogueiros sonham em ter tantos acessos em seu blog, mas não conseguem. Como foi o processo de divulgação do blog? E como conseguem manter tantos internautas seguindo o blog?
A divulgação aconteceu numa época em que Supernatural estava sendo ameaçado de ser cancelado. Estranho né? Mas foi. A gente ficava naquela, continua ou não. E postávamos notícias sempre sobre isso. Juntou ao fato que a Polly (que por acaso sou eu hehe) se juntou logo ao Cris e a Jaque. Pra quem não sabe a Polly era dona da maior comunidade no Orkut e tinha (e tem) posições bastante peculiares sobre o seriado. Ela chegou no blog com a mesma determinação com que tocava a comunidade e muitos membros da comunidade foram pro blog. Isso também ajudou. Manter tantos internautas seguindo… Volto a dizer: a credibilidade de notícias, sempre em primeira mão, as traduções das coisas que são na maioria em inglês, a rapidez com que buscamos sempre postar novidades. Os internautas sabem que no Is Life vão achar notícias verdadeiras e novas. Acho que é isso.
5)    Eu acesso o blog já há um bom tempo. Minha pergunta é: como vocês conseguem tanto material para alimentar o blog?
Bem, isso é uma constante busca. No começo foi complicado, mas com o tempo você aprende onde buscar isso, como buscar, quando buscar. Com o tempo se forma “laços” virtuais onde se pode buscar as notícias em primeira mão e saber se pode ou não confiar. É assim. A nossa equipe está sempre antenada com quem está diretamente ligado ao seriado.
6)    Quantas pessoas são responsáveis pelo blog? Quem são? São formadas em quê?
Nós somos sete pessoas por lá. Mas nem todos são atuantes. Alguns como a Jaque estão como moderador simplesmente porque ela criou o blog junto com o Cris.  A nossa equipe é:
•    Cristhian Duarte, estudante.
•    Jaque Soares, estudante e comerciária.
•    Polly Zandonai – fisioterapeuta
•    Nathan Drake – Ciência da Computação
•    Gabi Calhau – Estudante universitária e secretária.
•    Vicki Araujo – jornalista, atriz, cantora, professora de inglês.
•    Clarice Hubert – professora de inglês, tradutora e intérprete.

7)    As matérias saem principalmente em inglês. Quem é o responsável por traduzi-las? Ele é formado em tradução?
Bem, Nathan, Vicki, Clarice e Polly entendem bem o inglês. Nathan traduz e legenda os vídeos, as demais matérias Vicki, Clarice e Polly traduzem. Desses Clarice tem formação em inglês e é tradutora juramentada e intérprete. A Vicki é uma autoditada e também é professora de inglês.

8)    Como é o processo de captura de informações, seleção e divulgação dessas matérias no blog?
Como eu disse, a busca é incessante. Você acaba condicionado a isso. Quando a gente entra no computador vamos direto ao local onde sabemos que  podemos achar notícias. Se não há nada por lá, a gente começa a buscar por outros locais. A seleção se dá com a importância e relevância pro seriado. É uma decisão da administração do blog não postar sobre vida dos atores, sobre o que eles fazem fora do seriado. Postamos coisas sobre eles que são exclusivamente inerentes ao seriado, que estão diretamente ligadas à série. Se saiu num site: Jensen Ackles foi esquiar na Europa durante suas férias, isso com certeza não será postado. Mas se sair: Jensen Ackles foi numa floresta estudar locações pro próximo episódio a ser filmado, com certeza isso estará no blog. A gente seleciona o que é realmente importante e que agregará conhecimento no que se refere à série. E definitivamente sites sobre fofocas não entram na lista de fontes.

9)    Algum dos organizadores do blog já conseguiu contato com atores ou produtores do seriado?
Já. Hoje, naturalmente, com o twitter a comunicação direta com a produção e o elenco é mais fácil, visto que muitos deles tem conta no micro blog. Mas antes do twitter, o Supernatural Is Life sonhou em trazer uma convenção do seriado para o Brasil. A gente tinha esse sonho e fomos atrás dele. Mas infelizmente não pudemos seguir adiante por uma série de motivos, mas durante todo o processo de organização e tentativa de trazer isso pra cá, falamos com diversas pessoas na Warner Bros, na CW, com agentes de atores. E a gente conseguiu uma entrevista exclusiva com Julie McNiven, que fez a personagem Anna, no seriado. 
10)    O que é Supernatural para vocês? Fizeram muitos amigos com os interesses afins pela série?
Acho que ao longo dos anos Supernatural se tornou algo meio como uma “necessidade”, um hábito. É um seriado que de muitas maneiras mexeu com cada um de nós de um jeito. E cada um de nós têm algo de especial para dizer ou falar sobre isso. É algo que apenas quem está por dentro pode dizer ou sentir. É estranho, mas é verdade.
E sim, nós fizemos muitos amigos. Isso meio que se tornou uma família. O fandom de Supernatural se auto intitula “Supernatural Family”. E nós do blog criamos laços de amizade verdadeira. É muito louco isso, mas muito bom.

11)    Vai ter uma convenção de Supernatural no Brasil. Vocês estão envolvidos com a organização? Algum integrante do blog vai?
Nós estivemos envolvidos até alguns meses atrás. Como eu disse, o Supernatural Is Life foi o pioneiro em trazer esse sonho para o Brasil. Foi nossa a idéia, foi nossa a forma de organização do evento, foi nossa a iniciativa de ter uma convenção aqui. Fomos nós quem sonhamos primeiro com isso e corremos atrás. Lançamos a idéia, corremos atrás de tudo, mas tivemos nosso tapete tirado pela empresa espanhola KLZ e então recuamos. Nesse meio tempo, surgiram novas pessoas interessadas em trazer outra convenção que não fosse da empresa espanhola, eles entraram em contato conosco e resolvemos embarcar junto com eles, porque eles queriam e pediram tudo que a gente já tinha feito e conseguido. Ajudamos de todas as maneiras, temos dados oficiais, sabemos de muitas coisas e repassamos, ficamos em contato direto com os donos da empresa e pudemos participar de meandros de muitas negociações, mas durante o processo de organização, surgiram desentendimentos e divergências de opiniões em muitos aspectos, e isso se tornou um problema. Essas divergências de opiniões, de condução das coisas e de tomadas de decisões foram fundamentais para saída do blog da organização do evento. Resolvemos tirar nosso apoio, e não estamos mais envolvidos com isso. Nós não concordávamos com muitas coisas sendo feitas e a atual empresa não levou em conta nossa experiência e ajuda, preferindo nos relegar a algo que não éramos. E antes que eles nos tirassem do negócio com qualquer desculpa, nós tomamos a decisão de não mais fazer parte disso, uma vez que não ia de encontro ao que a gente tinha idealizado e combinado desde o início. Não sabemos sequer como andam as coisas sobre isso. E até o momento, que eu saiba, nenhum integrante do blog vai à convenção.

12)    Vocês fazem encontros com outros fãs da série? De onde vocês são?
Sim fazemos. O Is Life é o parceiro oficial do Fã Clube Supernatural Brasil que é convidado para vários eventos em vários locais, principalmente São Paulo. E como uma das integrantes do blog é também diretora do Fã Clube isso se torna mais intenso. Temos vários encontros de fãs em Porto Alegre, Goiânia, São Paulo e Recife.
O Cris é do interior de São Paulo. Polly é de Goiânia. Jaque do Rio de Janeiro e os demais de São Paulo.

13)    Por que Supernatural? O que diferencia a série de outras?
Porque é Supernatural. Hehehe.. Sério, é um seriado com um diferencial: no meio de tantos monstros se destaca os valores familiares. É algo inusitado isso e com certeza é o que prende. Os protagonistas da série são caçadores de monstros, mas no fundo eles são apenas irmãos que foram jogados no meio de uma bagunça dos infernos (literalmente) e que tentam permanecer juntos como uma família. Esse lado fraternal é algo apaixonante na série, junto com a ação das caçadas, e claro um time de trabalho impressionante. Acho que é isso. Eu não sei explicar de outro modo.

14)    A série está em sua 7ª temporada. De todas, qual você considera a melhor? Acredita que vai ter uma 8ª temporada?
Olha, como sou eu, Polly, que estou respondendo, vou dizer por mim. A melhor temporada para mim é a segunda e a quarta, justamente porque o enfoque é sobre os irmãos, o relacionamento deles. Os demais integrantes do blog, tenho certeza que jogam na quarta temporada também, mas acho que Nathan ama a quinta temporada.
E penso que não terá a oitava temporada apenas se o elenco não quiser, porque a rede está interessada em manter o seriado no ar.

15)    Quando a série acabar, já pensaram em como ficará o blog? Continuará sendo alimentado?
Nunca pensamos sobre isso. Vamos atravessar essa ponte quando chegarmos lá. Hehehe.

16)    Sobre os fãs da série. Vocês marcam encontros, saem, se conhecem pessoalmente?
Sim, como eu disse antes muitos se conheceram por causa de Supernatural. Sempre que dá a gente tenta se encontrar. Mas os integrantes mesmo do blog é mais complicado porque tem gente de vários estados. Mas a gente tem um sonho de um dia juntar todo mundo e fazer uma grande festa.

17)    Ainda sobre os fãs. Vocês se consideram fãs ou fanáticos pela série? Juntam material da série, catalogam fotos? Qual a maior loucura que já fizeram?
Somos fãs, talvez apenas fãs mais dedicados. Fanatismo é algo que não leva a nenhum lugar e acaba cegando as pessoas de algum modo. A gente adora o seriado, sabemos um monte sobre ele, mas isso não domina nossas vidas. Não é saudável. Não é certo. E sim, juntamos material da série. O Fã Clube junto com a Vicki tem bastante material sobre o seriado e tudo é exibido nos encontros oficiais e nos eventos onde eles participam. Eu, Polly, tenho livros, revistas, quadrinhos, calendários, copos, canecas do seriado (tudo comprado na loja oficial). Outros têm revistas sobre o seriado, livros. Mas a gente sempre tem alguma coisa. Sem contar claro, os boxes de temporadas.
Penso que não fizemos nenhuma loucura ainda. Falo por todos, porque conheço todos. 

Agora falo por mim, a minha loucura (e insanidade) é ter os boxes duplos, a versão importada e a versão nacional e todos os livros “Companions”, que são os livros sobre os bastidores do seriado, com todas as informações da produção, direção e elenco.

18)    O que vocês acham dos fãs que se vestem e falam como os personagens que admiram? Alguém da organização faz isso? Se sim, conte um pouco.
Eu acho que cada um mostra seu carinho pela série de um jeito. E se eles fazem isso, e se sentem bem, qual o problema? Achamos bacana. Não, ninguém da organização faz isso. Vestimos sim camisetas com frases inesquecíveis do seriado ou com fotos dos nossos personagens favoritos. Nada além disso.

19)    Qual a melhor parte de ter um blog tão informativo? Ajuda em alguma área, seja profissional ou até mesmo pessoal?
O feedback das pessoas. Isso sem dúvida é o melhor. As pessoas interagindo conosco, sobre algo em comum é muito bom. Saber que estamos fazendo algo bacana e que um monte de gente gosta e mostra isso, não tem preço. É realmente prazeroso.  E claro que a experiência de ter um blog sempre ajuda. Ajuda a sermos pacientes (porque temos que lidar com todo tipo de gente), ajuda a sermos seletivos (não confiar em tudo que lê e escrevem), ajuda a sermos mais aplicados (manter algo funcionando e de forma contínua exige disciplina e aplicação) e acima de tudo ajuda a buscarmos melhorar sempre. De um jeito ou de outro traz benefícios. Claro que traz muito cansaço e aborrecimentos também. Tem dias que queríamos ser apenas fãs, ser apenas pessoas que fazem como outras: assisto o episódio e deu. Mas não podemos mais ser apenas isso. É o preço que se paga. Mas enquanto se faz isso com prazer, tudo vai muito bem, obrigado.

20)    Qual a melhor experiência desde a criação do blog? Alguma grande dificuldade?
A melhor experiência são os laços de amizade que se formaram ao longo dos anos. Isso é o melhor. A gente conversa entre nós, de um jeito que não fazemos ao público do blog. É uma coisa da equipe mesmo. Isso é muito bacana. Cada um sabe até onde o outro vai e quer ir. Legal isso. E a grande dificuldade é manter tudo funcionando uma vez que cada um de nós tem sua vida particular pra tocar também. Mas nada que não se dê um jeito com disposição e um esforço extra.