Misha Collins elogia a produção de Supernatural e diz que “Eles se arriscam”.
O ator – que interpreta o anjo Castiel – disse ao Huffington Post que o drama parece diferente sob a coordenação de Jeremy Carver.
“Eu acho que Supernatural oscila bastante”, disse Collins. “O tom não é sempre consistente e fiel e não há um formato seguido em todos os episódios, então é muito cedo pra dizer. Mas eu acho mesmo que Jeremy está fazendo algo diferente nos episódios que tenho visto e nas pinceladas mais pesadas que ele me mostrou até agora sobre o caminho que a série está tomando. Ele está definitivamente fazendo coisas novas. E ao longo do tempo, quando o arco da temporada se desenhar, vamos ver como o tom no geral está diferente.”
O ator de 37 anos disse também que a oitava temporada vai se concentrar mais no “arco de relacionamentos” de Castiel e em sua amizade com Dean.
“Na temporada passada, o arco das relações de Cas foi virtualmente zero – ele foi um Deus egomaníaco, e depois foi rapidamente um Leviatã e depois ficou louco”, o ator explica. “Então, não havia muito com o que ele pudesse trabalhar. Nesta temporada, haverá muito mais integração do personagem, eu creio. Até agora, é o que parece.”
E segue: “Não seis e é verdade ou não, mas acho que boa parte da razão porque Cas sempre estava ou inconsciente ou louco ou mau ou transformado em Deus ou desaparecido é porque ele resolvia muitos problemas de Sam e Dean de forma muito fácil. Então é um recurso para o roteirista lidar com isso e faz muito sentido. Você não quer um aliado incrivelmente poderoso. Não é tão interessante.”
“The Carver” disse recentemente que Collins estará em “pelo menos oito episódios” de Supernatural nessa temporada.

A mim parece que Misha está um pouco mais entusiasmado com o rumo de Castiel em SPN, assim como demonstra um pouco de frustração com o arco do anjo nas temporadas mais recentes. Você concorda?

Fonte: Digital Spy