Entrevista concedida a Carina MacKenzie, do Zap2It. Quem quiser ler sobre Thomas Colton, pode se derreter aqui junto comigo! Se tiver spoiler, é coisa mínima. E a entrevista toda rola num vídeo, cujo link você encontra no final da matéria.

Jared Padalecki é conhecido por fazer brincadeiras e “pregar peças” no set de Supernatural, mas quando o Zap2it visitou o local, na semana passada, todo o tempo em que esteve fora das câmeras, Jared passou mostrando fotos e vídeos de seu filho de 7 meses, Thomas. Thomas no aeroporto, Thomas no parque, Thomas no Texas – fica bem claro que suas prioridades mudaram. (Embora a gente possa prometer que ele ainda providencia bastante combustível para os erros de gravação e definitivamente arrumou tempo para jogar Words With Friends com Jensen Ackles).

“É demais,” Jared diz sobre a paternidade. “É um jeito estúpido de colocar, mas eu não acho outras palavras. Eu não sou poeta, de forma alguma, a maior parte da minha vida eu passo falando palavras dos outros, então não consigo criar palavras.” 

Nós achamos que ele é bem articulado quando fala do filho: “A melhor parte de ser pai é… ele dá um sorrisinho às vezes quando me vê. Estou acostumado com ele no colo da Gen, então eu vou atrás dela e ponho o rosto assim, sobre o ombro dela e falo ‘Cadê o papai?’ e aí vou para o outro lado… e ele fica indo de um lado para o outro e ele sempre dá aquele sorrisinho em que não consegue emitir nenhum som… e aí ele bate a cabe no peito da Gen, porque ele fica tão excitado que não consegue fazer mais nada e é a coisa mais linda… isso me derrete.” (ainda que vc não entenda inglês, veja essa parte no vídeo. É o pai mais orgulhoso do mundo)

Jared e Jensen têm tido um cronograma mais maleável na 8ª temporada, graças às cenas em flashback e outros personagens que têm tirado um pouco o fardo de seus ombros – mas enquanto suas vidas estão se estabilizando fora das telas, as vidas dos seus personagens estão mais tumultuadas que nunca.


Não foi pouca a controvérsia entre os fãs de “Supernatural”, quando a temporada começou e soubemos que Sam não só desistiu de procurar Dean e abandonou a vida de caçador, como inclusive parou de checar as mensagens do seu telefone, o que colocou Kevin em considerável perigo. Dado o número de vezes que Sam e Dean lutaram com todas as forças para trazer um ao outro da morte, a resignação de Sam pareceu meio surpreendente e não condizente com o personagem.

Jared não nega que foi uma manobra inesperada. “A forma como eu tive que trabalhar isso – A) foi bom ter algo diferente, depois de fazer (em torno de) 150 episódios, foi muito bom mostrar esse outro lado. Eu tenho dito isso desde o início,  eu gosto de ver os irmãos longe um do outro. Sam e Dean são ótimos e eu amo Jensen e filmar com ele e amo a relação dos irmãos, mas amo explorar outros lados,” ele diz, reiterando o que nos disse em maio,  quando relembrou episódios como “I Know What You Did Last Summer” e “Free To Be You And Me”.

Certo ou não, Sam sentiu que não tinha meios de explorar onde encontrar Dean para trazê-lo de volta, e ele não sabia onde ele estava ou sequer se estava vivo. “Não foi tipo ‘Lá vamos nós para o  Purgatório!’ Ele poderia estar no Missouri comendo um hambúrguer. Sam não tinha a quem recorrer e nenhuma pista por onde começar. Ele não tinha nada, então pensou que era sua deixa – e ele fala isso no primeiro episódio – ‘O negócio da família e nós procurando um pelo outro foi o que matou todos aqueles que amávamos, então eu tomei isso como a minha deixa.'” Na visão de Jared, Sam estava tentando evitar efeitos colaterais ao tentar voltar para a vida que tinha quando o conhecemos, no Piloto.

Nesse momento, Sam pensa em voltar a estudar – um desejo com que o próprio Jared se identifica, particularmente desde que se mudou para Austin, onde um dia planejou ir para a faculdade. Como  Jared e Jensen acabaram de assinar contrato para as potenciais temporadas 9 e 10, é pouco provável que Sam volte à sala de aula tão cedo. (Embora a gente certamente assistisse uma série em que Sam, o advogado, defende todos aqueles que foram processados por monstros e demônios. Talvez haja um crossover com “The Good Wife” por aí, em algum lugar.) 

A pergunta é: vai acontecer algo terrível para redirecionar a atenção de Sam e mantê-lo na estrada com seu irmão? No Piloto, foi necessário ver sua namorada estripada para fazê-lo voltar para dentro do Impala, e mesmo depois disso, ele chegou a pensar em voltar a estudar, assim que a morte dela foi vingada. 

“O catalisador para sua volta até hoje… foi o incentivo de algo grande,” Jared conta, fazendo referência  ao plano de Kevin de fechar as portas para os demônios para sempre. “Não é só o clássico ‘Ei, lá vamos nós caçar. Vamos ler obituários e dormir em hotel barato e comer lanche de posto de gasolina para sempre.’ É mais ‘Ok, se eu puder fazer isso agora, eu terei feito minha penitência. Eu iniciei o apocalipse e bebi sangue de demônio… então se eu ao menos puder fazer essa coisa tão incrível… vou poder relaxar e dormir sossegado, sabendo que fiz o bem.”

Mesmo que agora a gente saiba que Sam é capaz de ser feliz fora das caçadas, Jared não está muito interessado em ver um final feliz para seu personagem. “Eu não acho que Sam vai ser um estudante na sala de aula, sentado em sua carteira com um fichário e um protetor de bolso,” diz. Ele ainda torce por um final sanguinolento pela frente.


 

Fonte: Zap2it