Como é comum em todo início de temporada, os sites especializados liberam uma tonelada de artigo sobre a estreia da nova temporada. Agora é o TV Guide que publicou algumas coisas que estão por vir na oitava temporada.

Existem coisas já conhecidas por quem lê spoiler, e outras coisas novas e muito interessantes, principalmente sobre episódio futuros. Tradução livre feita por mim e com pequena ajuda de Clarice e Thiago. Obrigada, meus amores!

Quem quer ler o original, em inglês, CLICA AQUI.

Supernatural: Sam e Dean reunidos e isso parece…tão estranho e cheio de segredos?

“Desculpe Sam, você está verdadeiramente sozinho”

Essa provocação no final do ultimo episódio da temporada passada de Supernatural define o drama psicológico para a oitava temporada, que começa nessa quarta-feira (21horas na CW – EUA). Sam e Dean Winchester (Jared Padalecki e Jensen Ackles) se reúnem na estreia, mas nem tudo é como era antes. Tem sido um ano desde que eles lutaram contra o mal juntos, e cada um dos irmãos passou esse tempo (um ano) de maneiras bem diferentes, de uma maneira que mudou a vida deles.

 Sem um membro da família com o qual caçar demônios, Sam foi deixado sozinho para seguir um estilo de vida relativamente mais mundano, incluindo romance com uma veterinária chamada Amelia (Liane Balaban). Em contraste, Dean passou o último ano num ambiente do Purgatório de matar ou ser morto e só escapou com a ajuda de um vampiro chamado Benny (Ty Olsson). Agora que os Winchesters estão juntos, nenhum dos dois está exatamente comunicativo sobre esses relacionamentos, mas os telespectadores vão saber exatamente o que aconteceu através de flashbacks durante toda a temporada.
Confira o que está acontecendo com Dean e Sam, a nova missão deles e o que mais esperar da oitava temporada:

Sam cidadão: o mais alto dos irmãos Winchester se tornou tão doméstico que ele tem até mesmo um cachorro. “O ponto de partida para voltar ao show… era ‘você está verdadeiramente sozinho’”, o showrunner Jeremy Carver diz. “Fomos para a ideia de ‘o que isso significa? E que tipo de impacto isso tem sobre alguém’… Sam está mantendo os pensamentos desta mulher e deste relacionamento para si mesmo porque isso informa de forma gigantesca onde ele está agora no início da temporada. Isso representa, essencialmente, de outra forma, uma outra vida.” E não se preocupem fãs de Supernatural: o cão é realmente um cachorro e não um demônio ou uma alma presa no disfarce.

Dean perigoso: Diretor Bob Singers confirma que Dean está “mais brutal” depois do seu tempo no Purgatório. E enquanto ele está animado por estar de volta na Terra, desfrutando da generosidade de um hambúrguer, batatas fritas, cerveja e torta, parte dele está tendo um período difícil se ajustando a mentalidade de uma vida mais regular. “Dean quando saiu do Purgatório teve uma espécie de… uma reação surpreendente”, Carver diz. “[Há] essa ideia de que era ‘puro’ lá embaixo. Eu acho que uma das últimas coisas que você pode esperar indo para um lugar tão horrível é que alguém pode ter, na verdade de algum modo, considerado isso uma experiência feliz. Você tem que se perguntar: por que você acha que é feliz? O que é essa coisa dentro de si mesmo que está conectado, esse lado primitivo de si mesmo? Como ele lidará com esse domínio/controle?”

O problema com Benny: Na temporada passada Dean foi muito criticado por ter matado a amiga de infância de Sam. Claro, ela era uma comedora de cérebros de demônios, mas ela estava regenerada e só se desviou para alimentar o filho. Como Dean pode reconciliar sua atitude intransigente com deixar Benny vivo, mesmo se ele o ajudou? “A ideia de Benny paira sobre nossos irmãos pesadamente, com certeza a medida que o ano transcorre”, Carver diz, “Ele é um ‘espinho’ interessante na relacionamento dos nossos irmãos este ano, como eles lidam com algo como isso.” 

Onde está Castiel? : Dean foi preso no Purgatório com um anjo, mas agora que ele está de volta, onde está castiel (Misha Collins)? “Vamos contar a história do Purgatório [através de flashbacks] de forma bem constante ao longo dos sete ou oito primeiros episódios”, Carver diz, “Vocês irão começar a ter um bom entendimento do que aconteceu no Purgatório com Cas”.

Os flashbacks e o furioso: os flashbacks que revelam o último ano dos Winchesters serão mostrados mais pesados nos primeiros 13 episódios e tem dois olhares distintos. “Os flashbacks de Sam são atenuados e tem filtros e são um pouco mais sonhadores, de modo que tenha a sensação que o ano passado de Sam é meio que bom e caloroso”, diz Singer, “Nós queríamos que os flashbacks de Dean fossem um contraste gritante com os de Sam, então decidimos que esses teriam uma verdadeira falta de cor e um alto contraste, [um] desconcertante olhar para ajudar com a dureza do lugar. Não há nenhum lugar para descansar sua cabeça, nenhum travesseiro macio de folhas verdes.”

Kevin, o profeta: Kevin (Osric Chau) voltou (com um novo corte de cabelo!) e está se juntando aos rapazes numa missão para fechar os portões do inferno. “Veremos mais sobre como ele pessoalmente se sente sobre sendo um profeta, sendo envolvido nessa missão, o custo pessoal que isso tem para ele e como a sua boa vontade ou desejo de fazer o trabalho…. recai sobre os meninos”, Carver diz. “Eles estão todos jogando no mesmo time e estão inextricavelmente ligados aqui”

Espera, isso significa não há mais demônios?“Seria demasiadamente radical pensar que nenhum demônio significa nenhuma caça”, Carver diz, “Há tantos outros monstros nesse universo”. Ele adiciona que “as questões que surgem nesta busca, a série de revelações e a série de descobertas são destinadas a começar a nos dar bases para perguntas, segredos e coisas que serão explorados em temporadas futuras”.

O retorno de Garth: Nosso favorito caçador do “abraço-feliz” voltará a trabalhar num outro caso com os rapazes. “DJ Quals manda ver como sempre”, Carver diz.

Mais episódios engraçados: “Nós vamos fazer um lá no meio da temporada, que lida com o que acontece quando você se encontra vivendo num universo de desenhos animados”, Carver provoca “Não ser um episódio de animação, mas que lida com a física dos desenhos animados num mundo real. Nós também vamos ter um episódio bem pesado… no universo LARPing de uma maneira diferente do que nós lidamos no passado”
(N.T.>> LARP-ing Sigla para Live Action Role-Playing. Um tipo de jogo RPG. Não entendo nada disso, portanto fiquem a vontade para me ensinar! XD)


O episódio “found footage” (N.T. via Wikipedia: é um novo gênero de filme. Trata-se de um filme se passando por um documentário  com uma simples fimadora. Muitas vezes o estilo é usado para filmes de terror) : Nesse episódio standalone (sem arco mítico) Bitten (Mordido),  toda a ação de Sam e Dean será mostrada por um pedaço de filme encontrado, que irá compreender 95% do episódio.O roteiro envolve universitários (Leigh Parker, Brit Sheridan, Brandon W. Jones) lidando com uma situação que vai “de mau a pior”, Carver diz, “Eles vão carregar o episódio nas costas. Vocês vão se relacionar muito bem com esses meninos”. “Mas não espere um episódio do tipo GhostFacers”, Singer diz isso enfaticamente, é “180 graus de diferença”.


O novo “tablet” como “title card” (N.T. são aqueles cartões na abertura, o título. Cada temporada tem a sua): A abertura tem relação concordante com os hieróglifos da Palavra de Deus que está nas tábuas”, diz Carver. “É absolutamente condizente com os termos que irão ditar a busca da temporada.”