Traduzi depoimentos pinçados de uma matéria para o TV Guide sobre “Blood Brother”, o episódio que foi ao ar na semana passada. Contém pequenos spoilers, mas é mais a opinião dos atores sobre o momento de conflito na relação entre Sam e Dean.




“Conflitos carregam a história,” Jensen Ackles disse ao TVGuide.com “Acho que se tudo fosse lindo na ‘terra de Supernatural’, a série não seria tão interessante.” “Se chamaria Gilmore Girls,” brincou Jared Padalecki, que trabalhou na levezinha série familiar.

“Sam sempre foi quem teve melhor compreensão do lado bom que pode haver nas pessoas, enquanto Dean sempre foi mais preto no branco: Esses são os vilões, esses são os mocinhos e é isso” Ackles disse. “Não tem meio termo.  Então ver Dean ficando amigo de alguém que ‘joga no outro time’ é um conflito não só para ele mesmo, como é um fator agravante entre os irmãos. Você vai contra o que Dean é como personagem.”

“Sam fica decepcionado porque, quatro anos atrás, ele acreditou tanto em Ruby e ela também era um demônio,” Padalecki conta. “Dean foi pra cima dele: ‘Você não pode se unir a esse demônio. Não se pode confiar neles.’ E agora Sam vê Dean fazendo aquilo que Dean condenou Sam por fazer, e ele pensa ‘Você entende por que eu quero sair dessa vida? Dois pesos e duas medidas? Só está certo se você faz? Você de repente tem melhor julgamento de caráter que eu?’ O conflito certamente aumenta para Sam.”

“Dean voltou afiado do Purgatório,” disse Ackles. “Ele sempre foi um bom caçador e suas habilidades sempre foram perfeitas, mas agora ele está se superando. Ele passou o último ano nas trincheiras, num acampamento de aperfeiçoamento para caçadores, então agora ele está mais rápido e com mais garra para caçar. […] Agora Dean voltou, e acho que essa foi sua maior lição, ele entende o seu propósito. Ele entende por que ele é quem é, e que é isso o que ele tem que fazer. E ele não vai deixar que ninguém o impeça de fazer o que tem que ser feito.”

“Eu definitivamente acho que caçar é um vício para Dean. Ele está em casa nesse mundo,” Ackles disse. “Sam é obviamente um caçador experiente… mas no episódio que estamos filmando agora, eu tenho uma fala em que digo ‘Pelo menos um de nós deveria estar feliz.’  Dean está condenado a uma vida com esse tipo de tormento, mas ele entende que é onde ele se sai melhor. …Mesmo a tentativa de Dean de ter algo de normal em sua vida, com Lisa e Ben, estava fadada ao fracasso. Acho que ele compreende que normalidade não é algo que ele vai ter em sua existência.”

“Amelia é uma pessoa com problemas, que está passando por altos e baixos e que entende o que é a perda e que entende que as coisas nem sempre serão perfeitas,” Padalecki disse. “Sam quer que Amelia se abra e Amelia quer que Sam se abra também. Mas Sam respeita o fato de que Amelia tem coisas importantes para ela e que Sam não conhece. E vice versa. Sam até que está feliz com isso, porque ele também não quer que ela o conheça a fundo. Não que ele não a ame o bastante, mas ele não quer arruinar o que construiu com essa pessoa que é inocente e ingênua sobre o que ele faz pra viver. […] Ambos enfrentaram uma perda pessoal recentemente e finalmente encontraram alguém com quem pudessem se abrir um pouco e criar um mundo particular. […] Eles estavam seguros ali e tinham tudo o que precisavam.”

A matéria na íntegra você lê aqui.