Foram publicadas duas entrevistas com Misha Collins que têm similaridades e novidades, então achamos por bem simplesmentre traduzir e postar as duas juntas. Misha fala sobre o retorno de Castiel e alguns outros assuntos, como o fato de que Sam e Dean continuam bonitos demais para quem caça demônios há tanto tempo.

Fãs de Castiel têm ansiosamente esperado o retorno do anjo para Supernatural desde que ele desapareceu a pedido de Naomi no final de janeiro. Os Winchesters estavam suspeitos a respeito de seu comportamento cauteloso e ato de desaparecimento e essas suspeitas não irão de dissipar tão cedo, mesmo depois que Castiel ressurge no episódio dessa semana. O anjo finalmente se reúne com os irmãos para dizer a eles que Crowley enviou um grupo de demônios para uma pequena cidade a fim de descobrir uma das criptas de Lúcifer. Mas as mentiras do lado de Castiel rapidamente elevam-se enquanto ele começa sua reunião com Sam e Dean enganando-os sobre o que Crowley está esperando encontrar.

Nós conversamos hoje  com o convidado Misha Collins sobre o retorno de Castiel para a série e que está na bagagem para o anjo.

A vontade de Castiel não é dele.  Naomi fez um estrago em Castiel durante o tempo dele no Céu desde o final de “Torn and Frayed” e Misha nos disse que o controle dela é quase absoluto: “A programação que Naomi vem fazendo sistematicamente sobre Castiel se aprofundou e Cas está bastante sob seu controle neste momento”. Ao mesmo tempo, ele deixou claro que Castiel é e ainda continua a ser de temperamento forte e há uma parte dele que está lutando contra essa programação dela. “Ela está firmemente no comando de Cas mas há, claro, bem lá fundo, um fragmento do velho Cas ainda lutando para ser ouvido ou ainda lutando para assumir o controle. Haverá um pouco de luta interna que acontece no episódio”.

A nuvem escura de suspeita. Num clipe do episódio, nós vemos Sam e Dean mais uma vez discutindo o comportamento de Castiel e o fato que eles pensam que algo está claramente “fora” com ele, uma suspeita sobre a qual Castiel agora sabe. Mas o desejo compartilhado deles de deter Crowley nesse episódio irá superar estas dúvidas… ao menos por enquanto. “Neste episódio, veremos que Cas sabe que os rapazes estão suspeitando dele, mas eles têm uma missão compartilhada que vence isso, então Cas está realmente meio que ‘de olho no prêmio, focado na missão’ e isso se torna uma reflexão tardia  que os rapazes não confiam nele. Todo mundo está ciente do fato que eles não confiam em Cas e todo mundo, contudo, age com cuidado”

Planos desonestos de Naomi.  Alguns fãs de Supernatural têm estado curiosos sobre o fato que Naomi é o único membro dessa facção muito bem guardada do Céu que tem sido vista nessa temporada. Nós saberemos mais sobre outros aliados ou lacaios dela? Misha nos disse que essas respostas estão vindo, mas vocês terão que ser pacientes. “ Quantos anjos estão ou colaborando com ela, ou sob seu controle não é algo que é respondido neste episódio, mas é algo que acontecerá em episódios vindouros”. E quanto ao desejo dela para encontrar a Tábua dos Anjos, as suas razões para fazê-lo nunca foram abordadas, mas Misha deu a dica que a resposta está bem debaixo de nossos narizes: ‘Se a Tábua os Anjos faz qualquer coisa para os anjos como o que a Tábua do Demônios é capaz de fazer para os  mesmos, faz todo o sentido que os anjos iriam querer tomar posse disso, seja para usar como arma ou apenas para sua própria auto-preservação”.

Retorno do Protegido do Inferno. Como mencionado, Crowley retorna no episódio dessa semana e os Winchesters e Castiel também tropeçam em Meg, que vem sendo torturada por Crowley por informações sobre a cripta de Lúcifer. Misha sucintamente provocou que “como de costume, os objetivos de Crowley e os objetivos dos rapazes estão em desacordo. Mais uma vez, Crowley é um pé no saco de todos”. Mas ele foi além e também nos disse que na verdade será bonitinho… sim, bonitinho… um momento entre Castiel e Meg, que ficaram mais próximos nas sexta e sétima temporadas: “Eles têm uma sincera e franca conversa incomum sobre o relacionamento deles, o qual é meio que doce e cativante e rara para Supernatural. Essencialmente, não em tantas palavras, eu acho que Cas meio que admite que tem uma queda por ela. É um tanto doce.”  

O que vem aí para Castiel? Misha retornará como Castiel enquanto a oitava temporada chega ao fim e eu tenho certeza que alguns fãs já estão se perguntando se ele visitará as novas instalações de Sam e Dean: o bunker dos Homens das Letras. Misha deu a entender que “Eu acho que isso é um spoiler para um episódio que vem por aí, mas sim”. A visita dele, no entanto, pode ser breve, porque ele soltou o spoiler que “[Castiel] vai se colocar, eventualmente, no fim da temporada, em uma espécie de missão própria que tem um propósito meio que diferente do dos rapazes”

Soa ameaçador, não é? Mas não se preocupe, porque Misha já se tornou um personagem regular na nona temporada de Supernatural e qualquer missão que ele está perseguindo, não vai  matá-lo (bem, não permanentemente morto, porque isso é Supernatural).

Fonte: TV Overmind

P.S.: Obrigada “Limãozinho”.

 

E agora a outra, similar porém com informações diferentes, concedida ao TV Fanatic.

Faz tempo que Cas não aparece, mas vamos vê-lo novamente em “Goodbye Stranger”, episódio que vai ao ar essa semana.

 

Não só saberemos o que Cas tem aprontado desde que o vimos pela última vez, como Misha Collins entrega nessa entrevista se Sam e Dean devem confiar nele, o quanto a coisa deve ficar dramática entre Cas e Dean e, claro, o quanto os Winchesters deveriam ser… ahn… menos lindos, dada toda a matança de demônios que promoveram desde o início da série…

 

TV Fanatic: Eu adoro as participações de Castiel no show. Às vezes muito simples, mas às vezes grandes e divertidas. Dessa vez será uma participação engraçada?

Misha Collins: Eu acho que muita gente não vai achar a revelação de Cas nesse episódio divertida. Ou talvez seja melhor não usarmos esse termo. Vamos dizer que é dramática.

 

TVF: Faz tempo que não o vemos. Vamos descobrir o que ele tem feito desde a última vez que o vimos?

MC: sim. Cas tem estado em um tipo de treinamento meio como em “Sob o Domínio do Mal” por Naomi. Ele está completamente alheio ao seu normal nesse episódio. O monstro está completo.

 

TVF: Vamos ver um Cas diferente do que vimos da última vez?

MC: Sim, vai ser mais… quando ele entra em modo “programação automática”, vamos vê-lo meio zumbi. Mas o Cas que vemos quando não está especificamente sob o controle de Naomi é um pouco mais sutil. Eu acho que tem que aparecer para Sam e Dean um pouco mais normal. Eles percebem que há algo diferente nele, mas não que ele está o oposto do que é.

 

TVF: Estando Cas nesse estado, Sam e Dean devem confiar nele ou questioná-lo?

MC: Eles não devem confiar nele e não confiam e Cas sabe que não confiam. É ponto pacífico. Eles concordam em trabalhar juntos nesse episódio porque têm um interesse em comum.

 

TVF: Vamos conhecer o objetivo de Castiel ou é um mistério? Imagino que ele tem um objetivo que não é o de Sam e Dean.

MC: Ele tem e seu objetivo é desconhecido de início, mas é revelado lá pela metade do episódio, quando descobrimos o que ele busca.

 

TVF: Eu sei que Cas e Dean saem em busca da cripta de Lúcifer. Podemos esperar uma discussão divertida entre eles?

MC: Eu acho que divertida é a palavra errada. Acho que dessa vez a interação entre Cas e Dean será tensa e dramática. Mas sim, haverá uma interação substancial.

 

TVF: Eu acho que às vezes Dean é rabugento demais. Ele é bonito, mas tão rabugento!

MC: Eu sei! Um cara bonito como aquele poderia ser metido com sua beleza e curtir um pouco pra variar, mas não. Mas eles conseguem se manter bem bonitos. Deveria haver muito mais cicatrizes desfigurantes tanto em Sam quanto Dean, por conta do que já passaram. Em muitos episódios eles apanham tanto que já deveriam ter algum problema grave permanente.

 

TVF: Naomi já pensou que Cas deveria ter outro casaco que não aquele sobretudo?

MC: Eu acho que sim! Cas eu já não sei. Não sei se ele reflete muito sobre isso, mas eu ia adorar. Ele já está velho e tem lá o melhor caimento. Tenho certeza de que ele poderia encontrar algo mais cool.

 

TVF: O que te deixa mais animado que os fã vejam no episódio de hoje? O que vai fazê-los pular da cadeira?

MC: O confronto final entre Cas e Dean que acontece nesse episódio é coisa boa.

 

TVF: Você usaria a expressão “virada no jogo”?

MC: [Longo silêncio, carregado de intenção] Sim. Eu usaria.

 

TVF: Gostei da pausa longa. Obrigada.

MC: Não sei se pode dizer que “Longo silêncio, carregado de intenção” é a forma escrita disso, mas sim, é definitivamente uma virada no jogo. 

 

TVF: E como a paternidade está te tratando?

MC: Estou curtindo construir fortes com meu filho. Acho que parei de me desenvolver emocionalmente e intelectualmente por volta dos dois anos.

 

PS: Obrigada também, “Limãozinho”.