Continuando a partir de onde havia parado na primeira parte da sessão.

 

5×11- Sam, Interrupted

Os irmãos devem ir disfarçados em um hospício para pegar um monstro, mas logo percebem que eles tem seus próprios problemas mentais para lidar.

Episódio que foi dirigido por James L. Conway, exibido originalmente em 21 de Janeiro de 2010 e assistido por 2.79 milhões de telespectadores.

Outras curiosidades:

Dr. Fuller: Não tem um livro infantil com um elefante chamado Babar?

Dean: Não sei. Não tenho nenhum livro de elefantes.

Esta troca é retirada do filme “Fletch”, de Chevy Chase.

Babar é o personagem principal de uma série de livros de mesmo nome – sobre elefantes.

Dean: Veja só, Enfermeira Ratched, vou deixar algo claro aqui. Já assisti “Um Estranho no Ninho”. Então não dê uma de sádica.

Karla: Okie dokie.

Um Estranho no Ninho é um filme estrelado por Jack Nicholson, que interpreta um prisioneiro que transfere-se para um instituto psiquiátrico governado pela sádica Enfermeira Ratched.

No episódio 2×12 – Nightshifter, Dean diz que gosta de um guarda de segurança porque o mesmo diz “Okie dokie”.

Dean: Como foi seu banho descontaminador? (How was your “Silkwood” shower?)

No filme Silkwood, Karen Silkwood passa por um banho de descontaminação de radiação que envolve alta pressão de água e fricção áspera.

Dean: Well then, quid pro quo Clarice.

Esta é uma citação famosa mencionada pelo serial killer Hannibal Lecter à agente do FBI chamada Clarice Starling no filme “O Silêncio dos Inocentes”.

Dean: (referindo-se às pinturas de palhaços assustadoras) São pinturas originais de Gacy?

O serial killer John Wayne Gacy, que ocasionalmente efetuou como “Pogo, o Palhaço”, realizava pinturas a óleo na prisão, com palhaços sendo frequentemente o tema.

Martin: Sou inútil. Por que acham que eu mesmo dei entrada no Hotel California?

Uma referência para a música da banda Eagles, “Hotel Califórnia”, onde pode-se “sair a qualquer hora que quiser, mas nunca deixar”.

Dean: Tom Cruise tinha razão. Psiquiatras são uma droga.

Tom Cruise, em linha com as crenças da Cientologia, condenou publicamente a psiquiatria.

– Lara Gilchrist, a qual interpretou o Espectro, também apareceu no episódio 1×11 – Scarecrow,  como Holly.

– Na Convenção Salute to Supernatural San Francisco 2011, Jensen explicou que “Pudim” tornou-se uma frase para sempre que algo estranho acontece nos sets.

 

5×16 – Dark Side of the Moon

Quando Sam e Dean são mortos por caçadores, eles acabam no céu. Eles descobrem que eles têm que encontrar Joshua, um anjo que fala diretamente com Deus, antes que Zacahariah possa encontrá-los.

Episódio que foi dirigido por Jeff Woolnough, exibido originalmente em 1º de Abril de 2010 e assistido por 2.40 milhões de telespectadores.

Outras curiosidades:

– O título do episódio refere-se ao álbum conceitual do Pink Floyd de 1973 chamado “The Dark Side of the Moon”. O episódio foi originalmente intitulado como “Your Whole Life Flashes Before Your Eyes”.

– No episódio 3×10 – Dream a Little Dream of Me, quando Dean e Sam estão prestes a beber a Raiz do Sonho, Dean diz: “Vamos apagar as luzes e sincronizar Mágico de Oz e Lado Escuro da Lua?” Esta é uma referência para o processo de assistir o filme “O Mágico de Oz” e escutar o álbum do Pink Floyd “Dark Side of the Moon” ao mesmo tempo, muitas vezes sob a influência de drogas, quando diz-se que parecem corresponder um ao outro quando reproduzidos em sincronia. Houve muito debate a respeito de que se isto é verdade ou não e se foi intencional da parte da banda Pink Floyd. O processo de assistir ao filme e escutar ao álbum é chamado de Dark Side of the Rainbow (lado escuro do arco-íris), em referência à famosa canção do filme “Over the Rainbow” e do arco-íris na capa do álbum.

– Os caçadores que matam Sam e Dean chamam-se Roy e Walt – possivelmente uma referência aos irmãos Disney.

– Este foi o quarto episódio de Colin Ford interpretando Sam mais jovem.

– Castiel refere-se à estrada no céu pela qual Dean e Sam devem seguir como “axis mundi”. Axis mundi é um conceito que aparece em todas as culturas. Um conceito que dita que existe algum lugar que é o centro da criação e descreve um ponto de ligação entre o plano da terra e o espiritual.

Castiel: Não vá para a luz.

Dean: Tudo bem. Obrigado, Carol-Anne.

No filme Poltergeist, Carol-Anne é puxada através de uma televisão para outro reino por um poltergeist. Ao tentar tirá-la, o psíquico a avisa para “não ir para a luz”.

Ash: Bem-vindos ao Meu Céu Azul.

Meu Céu Azul é o título de dois filmes. Um foi lançado em 1950, estrelado por Betty Grable [1]. O outro em 1990, estrelado por Steve Martin e Rick Moranis [2].

Ash: Finalmente tenho um aplicativo prático para a Teoria das Cordas.

Ash manipula um computador para monitorar Anjos enquanto eles falam Enoquiano, usando a Teoria das Cordas. A Teoria das Cordas é relacionada com a física quântica e pode de fato ser a chave para a teoria de tudo. Precisa ser realmente muito inteligente para entender isto.

Ash: Como a Disneylândia, sem Anti-Semitismo.

Walt Disney e muitos outros que trabalhavam nos estúdios da Disney durante os anos 30 e 40 tinham o propósito de ser Anti-Semitista.

– Este é o primeiro episódio a ser dirigido por Jeff Wollnough, que já trabalhou em várias séries, incluindo “Dark Angel”, “Battlestar Galactica” e “Terminator: The Sarah Connor Chronicles”.

Sam: Até onde sei, não havia uma estrada para o céu que era rodeada de boas intenções.

Esta é uma referência à seguinte citação popular: “A estrada para o inferno está pavimentada de boas intenções.”

 

5×19 – Hammer of the Gods

Sam e Dean são raptados por um grupo de deuses (incluindo Kali, Ganesh e Baldur) e mantidos reféns num pequeno hotel. Os deuses querem usar Sam e Dean como moeda de barganha para interromper o Apocalipse, mas Gabriel aparece e avisa a eles que se Lúcifer encontrá-los ele matará a todos eles. Infelizmente, um dos deuses trai o resto e Lúcifer aparece.

Episódio que foi dirigido por Rick Bota, exibido originalmente em 22 de Abril de 2010 e assistido por 2.82 milhões de telespectadores.

Outras curiosidades:

– O título “Hammer of The Gods” (Martelo dos Deuses) é uma brincadeira em relação a uma referência na música “Immigrant Song” da banda Led Zeppelinn, devido às seguintes partes da letra: “O martelo dos deuses/conduzirá nossos navios para novas terras” – uma alusão ao martelo do Deus nórdico Thor. O som de Led Zeppelin, posteriormente, foi por vezes referido como o “Martelo dos Deuses”. A frase foi também o título da biografia da banda.

– A ideia de deuses de diferentes tradições que se reúnem na América foi a base para o livro American Gods, de Neil Gaiman. Eric Kripke falou sobre os romances de Gaiman, como Sandman, por exemplo, sendo uma grande influência sobre seu trabalho.

Dean: Fique de olho no Norman Bates aqui.

Norman Bates era o assustador assassino em série proprietário do Motel Bates no filme Psicose, de Hitchcock.

Dean: Like full-on Babar.

Babar é o personagem principal de uma série homônima de livros – sobre elefantes. Babar também foi mencionado no episódio 5×11 – Sam, Interrupted.

Dean: Algo me diz que isto não é uma convenção Shriner.

Shriners International, anteriormente conhecida como a Antiga Ordem Árabe dos Nobres do Santuário Místico, é um órgão anexo à Maçonaria.

Baldur: Por que está aqui?

Gabriel: Para falar sobre o elefante na sala. [Ganesh parece chateado se levanta de sua cadeira] Não você!

A frase usada por Gabriel é uma metáfora para uma verdade óbvia ou problema que está sendo ignorado ou não abordado.

Dean: (após puxar globos oculares com uma concha de dentro de uma panela de sopa) Motel Hell.

Motel Hell é uma paródia de 1980 do gênero terror/comédia que despachou filmes como O Massacre da Serra Elétrica. No filme, um irmão e uma irmã capturam pessoas em seu motel e os usam para produzir carne defumada.

– A sopa com os globos oculares relembra uma cena da festa de jantar no filme Indiana Jones e o Templo da Perdição. Neste filme, os vilões são membros de uma seita Tugue na Índia que adora Kali, que é um dos deuses que aparece neste episódio.

Gabriel: (para Dean) Eu sou o Costner para o seu Houston.
No filme O Guarda-Costas, Kevin Costner interpreta o guarda-costas da personagem de Whitney Houston.

Gabriel: Eu e Kali, tivemos algo… Ela era cheia de mãos.
Na mitologia indiana, Kali é descrita como tendo múltiplos braços, que vão de 4 a 10, dependendo da interpretação.

Kali: Se alguém vai dar um fim a este mundo, sou eu.

Na mitologia indiana, Kali é uma destruidora.

– A cena em que Kali engasga Mercúrio durante a reunião é muito semelhante a cenas sufocantes de Darth Vader nos filmes de Star Wars.

Dean: Ou contamos a Legion of Doom sobre sua identidade secreta.

The Legion Of Doom é um grupo de super vilões que são os inimigos dos Super Amigos, criados pela DC Comics.

Gabriel: Good luck with that. Me? I’m blowing Jonestown.

Jonestown era o nome de uma comunidade na floresta na Guiana executada pelo líder da seita Jim Jones, onde vivia com cerca de 1.000 seguidores. Em 1978, Jones ordenou seus seguidores a cometer “suicídio revolucionário” por beber Flavor Aid misturado com cianeto (muitas vezes confundido como Kool Aid), resultando na morte de mais de 900 pessoas. Este incidente é a origem da frase “beber o Kool Aid”, que é uma metáfora para aceitar uma ordem, argumento, filosofia ou crença, sem questionar (um tema recorrente em Supernatural, embora esta expressão específica nunca tenha sido usada em um episódio do modo que está escrito).

Gabriel: Let’s go check out Pandora.

Pandora era a casa dos Na’vi no filme de 2009 de James Cameron, “Avatar”. Pandora é também o nome de um satélite interior, ou da lua, de Saturno.

Dean: Tudo bem, suas mentes primitivas. Escutem aqui.

Esta fala é uma citação do filme Army of Darkness (também conhecido como Evil Dead III). A fala é usada por Ash (Bruce Campbell), ao explicar aos camponeses sobre seu rifle depois de ser enviado de volta no tempo à Idade das Trevas para recuperar o Necronomicon. É realmente um clássico.

– Lucifer matar Odin por pisar em sua cabeça é semelhante à forma como Bruce Lee finaliza vários oponentes no filme Enter the Dragon.

Gabriel: Lucy, estou em casa.

A saudação de Ricky Ricardo quando chegou em casa do trabalho na série de comédia dos anos 1950, “I Love Lucy”. No fandom, Lúcifer é muitas vezes referido como “Lucy” ou “Luci”.

Gabriel: E você deveria ver o Rhino Spearment.

“O Spearmint Rhino” é uma franquia de clubes de strip de luxo.

Mercúrio: A melhor torta da área dos três estados.

Continuando a brincadeira de longa duração sobre as referências à torta no show, assim como prenúncio de perigo.

– Depois de empalar Baldur com seu punho direito, Lucifer passa o resto da cena com sangue quase até o cotovelo, o que lembra a música “Red Right Hand”, de Nick Cave & The Bad Seeds.

 

6×04 – Weekend at Bobby’s

spn604_19242

Bobby pede a ajuda de Sam e Dean quando o demônio Crowley se recusa a devolver a sua alma como ele concordou que faria.

Episódio que foi exibido originalmente em 15 de Outubro de 2010 e assistido por 2.84 milhões de telespectadores.

Outras curiosidades:

– O título do episódio é baseado na comédia “Weekend at Bernie’s”.

– Este episódio foi o primeiro a ser dirigido por Jensen Ackles.

Bobby: I’m going “Dateline” on your ass.

Dateline é transmitido pela NBC e é uma revista semanal de televisão dos EUA que fez reportagens investigativas que envolvem o uso de luzes negras para revelar manchas suspeitas em quartos de hotel.

Crowley: Dez anos de vida, ou dez anos como Alpo.

Alpo é uma marca americana de alimentos para cães comercializados e fabricados pela subsidiária da Nestlé, “Nestlé Purina Petcare”.

– O pai de Jensen Ackles, Alan, dublou o apresentador ouvido na TV que Bobby está assistindo.

Dean: Bem, então chute Bo Derek para fora de sua banheira. Temos um caso aqui.

Bo Derek é uma atriz e modelo americana. Há um cartaz icônico de Bo Derek no filme “10” na parede do quarto do pânico de Bobby.

Demônio da Encruzilhada: We call him Lucky the Leprechaun behind his back.

Lucky the Leprechaun é o personagem animado nas caixas de cereal Lucky Charms.

Marcy: Amo filmes de terror. Já assistiu “Arraste-me para o Inferno”?

Arraste-me para o Inferno é um filme de terror americano de 2009, o qual envolve um Lamia, a criatura que Sam e Dean estão coincidentemente caçando no episódio.

Bobby: Pareço o Dr. Phil para você?

Uma referência ao apresentador de TV e psicólogo Dr. Phil McGraw.

– Quando Crowley era humano, seu nome era Fergus Roderick MacLeod. Fergus mac Róich, um personagem do ciclo de Ulster da mitologia irlandesa, é famoso por sua virilidade (que também é o significado do nome “Fergus”) e pelo o tamanho de seu pênis. MacLeod é o nome de família do personagem de Christopher Lambert no filme Highlander. A cidade natal de Crowley, Canisbay, na Escócia, está nas Terras Altas.

Crowley: Precisa saber quando dobrá-los.

Um verso da música “The Gambler” de Kenny Rogers, que foi tocada no início do episódio.

Crowley: …tudo seria arco-íris e cãezinhos de duas cabeças.

A referência de Crowley sobre “cãezinhos de duas cabeças” é provavelmente tirada de Cerberus, o cão que guardava a entrada para o submundo na mitologia grega. Tem sido variadamente descrito como tendo duas ou três cabeças.

Crowley: Então você deu uma olhada por trás da cortina.

Poderia ser uma referência ao filme O Mágico de Oz e o caráter do mágico, que cria uma persona divina para impressionar os temas de Oz, mas na verdade é apenas um homem atrás de uma cortina.

Dean: Hey, any time we get to “Punk” Crowley works for us.

Punk’d é uma série de televisão americana de piadas com câmera escondida que foi ao ar na MTV em 2003 e foi produzido e apresentado por Ashton Kutcher.

Agente Adams: Já viu este homem? Rufus Turner, também conhecido como Luther Vandross ou Ruben Studdard.

Luther Vandross era um R&B, cantor e compositor, vencedor de oito prêmios Grammy. Ruben Studdard é uma cantora de R&B, pop e gospel e venceu a segunda temporada de American Idol.

 

Na sequência os links para as sessões anteriores da coluna.

 

Andrew Dabb & Daniel Loflin – parte 1

Jeremy Carver – parte 2

Jeremy Carver – parte 1

Eric Kripke

Ben Edlund