Esteja avisado. Coisa no nível estraga-prazer mesmo. Não gosta, não entre. Curte spoiler? Saíram uns bem suculentos!

De Jared Padalecki, para o Buddy TV:

– Um novo personagem, Cole, será (re)apresentado. A produção tem dito que já ouvimos falar nele, mas nunca o vimos. Ele seria hoje um jovem, mas teria uns 10 anos quando, na época da primeira temporada, testemunhou algo impressionante. Volta hoje em tornos dos seus 20 anos e está à procura de Dean.  Ele faz parte do passado dos irmãos, mas eles não se lembrarão disso, pelo menos não de início. Jared considera esse tal Cole um personagem bem legal;

– Esse novo personagem deve encontrar Sam “bem no começo da temporada” e será desencorajado pelo Winchester mais novo de procurar por Dean, porque a essa altura já saberá que ele é um demônio;

– Ele diz que o nível de comprometimento de Sam com a situação de encontrar Dean e ajudá-lo é mais ou menos como Sam em “Mystery Spot” (yeah!). Ele diz que é legal fazer essa busca determinada de Sam pelo irmão, porque  normalmente é o  que vemos em Dean, já que Sam é quem se mete nas encrencas (demônio, Ezequiel, Gadreel…). Dessa vez veremos Dean ter a chance de ser o badass e Sam ser o cara com o espírito de ter que resolver o problema;

– “Já vimos Sam fazer muitas coisas. Vimos Dean fazer muitas coisas. Vimos Sam como um demônio e Sam Sem Alma fazer outras tantas, mas agora veremos Sam totalmente humano fazer coisas a outros humanos que não esperaríamos,” disse ele.

-“Não haverá mais como duvidar do comprometimento de Sam para curar seu irmão. Mas lidaremos com questões morais e éticas e com o que as pessoas são capazes de fazer até elas mesmas tornarem-se monstros.  Trataremos disso de uma maneira que jamais fizemos.”

De Jensen Ackles, também para o Buddy TV:
-Na nona temporada, Dean era uma “alma torturada”, por causa de sua relação complicada com Sam e a culpa que sentia por deixar Sam ser possuído por um anjo;

-Demon Dean não liga para nada disso. Ele é meio que o mesmo cara, mas não tem crises de consciência. Ele não se importa;

-“É até meio aterrorizante o quão pouco ele se preocupa com tudo, inclusive consigo mesmo. Inclusive
com o carro.” (gritos de horror);

-“Não vai ser engraçado, de maneira nenhuma. Ele não está aí pra nada.”;

-Demon Dean faz o que quer o tempo todo. Ele bebe, sai com a mulherada, canta em karaokê. E canta mal. Ele não se importa e não se importa se alguém se importa;

-Em uma cena filmada recentemente, Dean é vaiado enquanto canta em um karaokê e sua reação é “Dane-se. Eu vou cantar mais alto”.;

-“Um monte de brigas de bar, muita bebida, muitas gatas, isso é o Demon Dean.”;

-Ele não revela de jeito nenhum que música Dean vai cantar;

-Para fazer Demon Dean, ele diz que o personagem tem todo um comportamento diferente. Tom de voz, mais sorrisinhos safados, e uma ‘ginga’ diferente. Um estado mental diferente;

-Ele dirigiu pela quarta vez e disse que essa foi a mais difícil, porque ele estava apresentando um novo personagem, Demon Dean. Ele fez a lição de casa com tanto carinho que chegou com os oito dias de filmagem prontos. Entregou tudo para o Assistente de Direção e disse “agora eu preciso me preparar para ser o Jensen ator. E como ator, ele diz que antes não precisou fazer tudo isso porque era mais fácil “incorporar” Dean. Agora ele tem Demon Dean, que era algo totalmente novo, mas que ele tinha que pensar que já seria a terceira vez que o veremos.